Editorial

Jorge Oliveira 005O meu Espaço, o teu Espaço, o Nosso Espaço

Quero ser,
Estar,
Viver,
Quero amar e dar-me
A mim e a ele e a ela e a todos.
Não faz sentido fechar-me
Parar-me.
Estar,
Existir é viver e
Viver é não fugir.
É sentir tudo e todos,
No meu espaço, no teu espaço, no espaço
No nosso universo global,
Que também é particular de mim
E de ti e de todos.
Quero somente viver
E viver não é vegetar,
Nem parar.
É lutar na coexistência de todos,
Na partilha de muitos.
Conquistar o tudo, que pode
Ser pouco, mas para mim
É tudo e para ti é algum
E para todos é nada.
O que quer que seja, é individual
E é aceite.

Do sofrimento surge a felicidade,
Da alienação a não crítica.
É necessário que haja cada vez mais
Eu e tu e todos.
Fortes pela critica e pelo sonho.
No espaço que é meu e
Teu e de todos e nosso,
Conquistamos o impossível,
O intocável, mas talvez,
A essência,
O afecto, o amor, a dor,
O sorriso, o choro, o homem,
A mulher, o ser…

Com a arte, luto eu e tu
E todos, pela magica que
É a vida vivida, a vida
Sofrida mas sentida, sem
Pena, mas com suor e
Calor e amor
E afectos.
É a minha e a tua e a de
Todos.
No nosso Espaço,
No meu Espaço, no teu,
No de todos, no de cada um…

Jorge Oliveira (Presidente e Fundador do Espaço t)

AddThis Social Bookmark Button